Ouça a Vanmix ao vivo!

Mundo

Subscrever feed Mundo Mundo
Primeiro jornal em tempo real em língua portuguesa
Atualizado: 2 horas 17 minutos atrás

Zuckerberg volta ao Congresso dos EUA para depor

qua, 04/11/2018 - 11:21
O CEO e fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, voltou ao Congresso americano nesta quarta (11) para depor, em meio aos recentes questionamentos sobre a segurança dos dados de seus usuários e sobre o papel da plataforma na difusão de notícias falsas e manipulação. Leia mais (04/11/2018 - 11h21)

Acidente aéreo na Argélia é o 17º em número de mortos da história

qua, 04/11/2018 - 11:04
Se confirmado o número de mortos no acidente com um avião militar na Argélia nesta quarta-feira (11), esse será o 17º incidente em número de mortes envolvendo aviões. Leia mais (04/11/2018 - 11h04)

Donald Trump diz que vai lançar mísseis na Síria

qua, 04/11/2018 - 08:24
O presidente americano, Donald Trump, disse nesta quarta-feira (11) que os Estados Unidos vão lançar mísseis na Síria e que a relação entre Washington e Moscou está em seu pior momento na história.    Leia mais (04/11/2018 - 08h24)

Avião militar cai na Argélia e deixa mais de 250 mortos

qua, 04/11/2018 - 06:44
A queda de um avião militar próximo a cidade de Argel, capital argelina, na manhã desta quarta-feira (11) deixou 257 mortos, disse o Ministério da Defesa local. Leia mais (04/11/2018 - 06h44)

Será que Trump está ganhando a guerra comercial?

qua, 04/11/2018 - 02:00
Numa deliciosa coleção de antigos ensaios chineses sobre como vencer guerras ?os pouco conhecidos ?36 Estratagemas??, ensina-se que ?para apanhar peixes é preciso agitar a água?. É dizer, criar situações de grande confusão para distrair seu adversário e dele extrair vantagens.   É pouco provável que o presidente dos EUA e sua equipe comercial tenham lido tais estratégias milenarmente adotadas pelos chineses. Mais plausível é que Trump esteja aplicando os preceitos presentes em seu ?A Arte da Negociação? ?focado inicialmente no mundo empresarial? para o âmbito das negociações comerciais internacionais.   Trump criou tumulto mundial com seu anúncio de sobretaxas a exportações aos EUA de aço e alumínio. Sugeriu que guerras comerciais ?são boas e fáceis de vencer?. Sinalizou a imposição de restrições tarifárias que afetariam US$ 60 bilhões de exportações chinesas ao mercado norte-americano. Tudo isso resultará provavelmente numa série mútua de retaliações comerciais não apenas no patamar EUA-China, mas também no intercâmbio EUA-União Europeia (UE).   Ademais, Trump tem fomentado caos no sistema de comércio multilateral por denunciar a suposta inoperância e antagonismo da OMC (Organização Mundial do Comércio), sobretudo quando os interesses dos EUA estão em jogo. Claro, Trump também desdenha dos arranjos plurilaterais ?abandonou a Parceria Transpacífico (TPP, na sigla em inglês) no primeiro dia de governo? e também está renegociando o Nafta (Acordo de Livre Comércio da América do Norte) com a ameaça sempre iminente de também deixá-lo de lado.   Resultado: muitos nos EUA já começam a achar que, ao agitar as águas do comércio internacional, Trump está fazendo os EUA ?grandes de novo?. Este é bem o argumento de um artigo veiculado no site ?POLITICO? há alguns dias, com o sugestivo título ?Trump está vencendo a guerra comercial ?por enquanto?.   Pressionada pela Washington de Trump, a Coreia do Sul topou engajar-se num esquema de ?comércio administrado? com os EUA. Nele, em nome de não sofrer com imposição de tarifas sobre suas exportações de aço, Seul restringe sua vendas do produto à média de 70% do que foi comercializado nos últimos cinco anos. Predispõe-se também a dobrar o volume anual de compras de automóveis fabricados nos EUA e concorda que Washington continue a taxar exportações sul-coreanas de caminhões ao mercado norte-americanos em 25% até 2041.   Na União Europeia, os alemães têm horror de que uma guerra comercial com os EUA se alastre até as exportações de seu setor automotivo. Os franceses, para quem vendas de carros aos EUA impactam menos sua balança comercial, não desejam suavizar com Washington. Uma discórdia dessa natureza no âmbito das duas principais economias da UE seria amostra de que as táticas agressivas e diversionistas de Trump estão surtindo efeito.   O sinal mais visível ?e politicamente importante? de que Trump estaria vencendo a guerra comercial, no entanto, teria sido emitido ontem pelo próprio presidente chinês Xi Jinping. Discursando no Fórum Boao, uma espécie de ?Davos chinês?, Xi anunciou que, no âmbito de um contínuo processo de liberalização econômica, a China crescentemente abrirá seu setor financeiro à competição estrangeira. Além disso, desregulamentará a competição no setor automotivo e reduzirá tarifas à importação de automóveis e outros produtos manufaturados. Leia mais (04/11/2018 - 02h00)

Zuckerberg se contradiz sobre interferência russa em eleição; veja checagem

qua, 04/11/2018 - 02:00
Mark Zuckerberg, o executivo-chefe do Facebook, está depondo no Congresso dos EUA nesta terça (10) e quarta-feira (11), respondendo a perguntas sobre o fracasso da rede social em proteger os dados de milhões de usuários e seu papel na interferência russa na eleição presidencial de 2016. Leia mais (04/11/2018 - 02h00)

De início à vontade, Mark Zuckerberg tropeça em 'monopólio' do Facebook

qua, 04/11/2018 - 02:00
? Leia mais (04/11/2018 - 02h00)

Países das Américas avaliam manifestar rejeição a eleição na Venezuela

qua, 04/11/2018 - 02:00
Ausente da oitava edição da Cúpula das Américas, que começa nesta sexta (13) em Lima, a Venezuela deve ser alvo de manifestação de países da região que pretendem não reconhecer as eleições presidenciais marcadas para 20 de maio e fazer críticas ao regime de Nicolás Maduro. Leia mais (04/11/2018 - 02h00)

EUA, Rússia e China lançam ameaças e navios

qua, 04/11/2018 - 02:00
O porta-aviões americano Harry S. Truman Reprodução/Stars and Stripes Reprodução/Stars and Stripes O porta-aviões americano Harry S. Truman    O porta-aviões chinês Liaoning Reprodução/South China Morning Post Reprodução/South China Morning Post O porta-aviões chinês Liaoning    Leia mais (04/11/2018 - 02h00)

A genialidade muito estável do Obamacare

ter, 04/10/2018 - 18:53
As primeiras páginas dos jornais dos Estados Unidos continuam, compreensivelmente, a ser dominadas pelos cerca de 130 mil escândalos que afetam o governo Trump no momento. Mas as pesquisas de opinião pública sugerem que o fedor da corrupção, por mais intenso que seja, não deve dominar as eleições legislativas deste ano. Na verdade, a questão mais importante na mente dos eleitores parece ser o sistema de saúde. Leia mais (04/10/2018 - 18h53)

Tuítes parodiam falta de conhecimentos digitais de senadores em fala de Zuckerberg

ter, 04/10/2018 - 17:24
  Leia mais (04/10/2018 - 17h24)

Ex-negociador de acordo com Farc é preso sob acusação de tráfico de drogas 

ter, 04/10/2018 - 17:05
Quatro membros das Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, hoje convertidas no partido Força Alternativa Revolucionária do Comum) foram presos na Colômbia sob acusações ligadas a tráfico de drogas para os EUA, informaram nesta terça-feira (10) promotores de Nova York. Leia mais (04/10/2018 - 17h05)

Zuckerberg é pressionado por senadores em depoimento no Congresso dos EUA

ter, 04/10/2018 - 16:20
O presidente do Facebook, Mark Zuckerberg, afirmou que aceitaria a "regulação certa" a companhias de tecnologia pelo governo ou pelo legislativo, durante depoimento ao Senado dos Estados Unidos. Leia mais (04/10/2018 - 16h20)

Obama, Trump e May não vão ao casamento do príncipe Harry com Meghan Markle

ter, 04/10/2018 - 16:02
O ex-presidente dos EUA, Barack Obama, o presidente americano Donald Trump e a primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, não estão entre os convidados para o casamento do príncipe Harry com a atriz americana Meghan Markle, no próximo dia 19 de maio. Leia mais (04/10/2018 - 16h02)

Curiosos e manifestantes aguardam por Zuckerberg no Congresso dos EUA

ter, 04/10/2018 - 15:38
Manifestantes vestindo camisetas com a hashtag #DeleteFacebook, peruca com as cores da bandeira da Rússia, estudantes e meros curiosos formavam fila nesta terça (10) para ouvir o depoimento de Mark Zuckerberg, presidente do Facebook, ao Senado dos EUA. Leia mais (04/10/2018 - 15h38)

Brasileiros são os que mais se naturalizaram em Portugal em 2016

ter, 04/10/2018 - 15:18
O gabinete de estatísticas da União Europeia divulgou seus números mais recentes relativos às novas cidadanias concedidas nos 28 países analisados. Entre eles, Portugal tem a terceira maior taxa de naturalização -relação entre cidadanias concedidas e a população estrangeira total no início de cada ano-, atrás apenas da Croácia e da Suécia. Os brasileiros lideram [...] ... Leia post completo no blog Leia mais (04/10/2018 - 15h18)

Vice-presidente dos EUA confirma visita ao Brasil

ter, 04/10/2018 - 14:46
O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, anunciou nesta terça (10) que visitará o Brasil. A data ainda não foi divulgada, mas a Folha apurou que deve ocorrer entre o fim de maio e o começo de junho.  Leia mais (04/10/2018 - 14h46)

Tom Bossert, assessor de Segurança Interna de Trump, pede demissão

ter, 04/10/2018 - 12:38
O assessor de Segurança Interna da Casa Branca, Tom Bossert, pediu demissão do cargo, anunciou nesta terça-feira (10) o governo americano, em mais uma baixa na equipe de conselheiros do presidente Donald Trump.  Leia mais (04/10/2018 - 12h38)

Facebook e Cambridge Analytica são alvos de ação coletiva, diz jornal 

ter, 04/10/2018 - 11:36
Um grupo de advogados dos EUA e do Reino Unido decidiu entrar na Justiça contra o Facebook, a consultoria Cambridge Analytica e outras duas empresas ligadas ao escândalo do vazamento de dados privados dos usuários da rede social. Leia mais (04/10/2018 - 11h36)

Trump cancela participação na Cúpula das Américas em Lima, no Peru

ter, 04/10/2018 - 10:17
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, cancelou a viagem que faria nesta semana à Cúpula das Américas, encontro de líderes latino-americanos em Lima, a partir desta sexta (13). Seria a primeira viagem do mandatário à América Latina, na qual ele teria reuniões bilaterais com outros presidentes e trataria de temas como a crise na Venezuela, o combate à corrupção e as recentes tarifas impostas ao aço e ao alumínio.  O republicano também não irá visitar a Colômbia na sequência, como planejado.  Em seu lugar, irá o vice-presidente Mike Pence.  Segundo a Casa Branca, Trump optou por cancelar a viagem para ?supervisionar a resposta americana à Síria e monitorar os desdobramentos pelo mundo?.  Ele afirmou que daria uma resposta ao suposto ataque com armas químicas na Síria nas próximas horas, e deixou aberta a possibilidade de uma investida militar. Leia mais (04/10/2018 - 10h17)

Páginas